Torneio Internacional Feminino
25/11
6 x 1
Arena da Amazônia, Manaus
Torneio Internacional Feminino
28/11
4 x 1
Arena da Amazônia, Manaus
Torneio Internacional Feminino
01/12
20:00
Arena da Amazônia, Manaus
Ajude o Site!
Faça Uma Doação
(Qualquer Valor)

sábado, 28 de fevereiro de 1970

Alberto leguélé

Seleção Olímpica nos Jogos de Montreal, em 1976. Em pé, da esquerda para a direita: o técnico Zizinho, Rosemiro, Zé Carlos, Tecão, Edinho, Chico Fraga e Batista. Agachados: Marinho, Alberto Leguelé, Jarbas, Erivelto e Santos
Alberto Raimundo Marques, mais conhecido como Alberto Leguelé, foi um meia que nasceu na cidade baiana de Santo Amaro da Purificação em 28/02/1953. Revelado pelo Bahia de Evaristo de Macedo em 1973, defendeu três anos depois a seleção brasileira pré-olímpica.

Grandes atuações motivaram o Flamengo a contratá-lo. Mas na Gávea não teve grandes oportunidades e logo retornou ao futebol do Norte e Nordeste. Até encerrar a carreira passou por Vitória da Bahia, Ypiranga, CSA, Nacional de Manaus, Asa e Galícia.

Atualmente, Leguelé reside no condomínio Costa do Descobrimento, em Salvador. Casado com dona Graça, tem dois filhos, Alberto Ricardo e Taís. Trabalha como treinador de futebol em projetos direcionados a crianças e adolescentes. Mas ainda bate a sua bola em equipes de Beach Soccer e também esteve à frente da seleção baiana desta modalidade.

Segundo o Almanaque do Flamengo, de Clóvis Martins e Roberto Assaf, fez 15 jogos pelo Flamengo em 1978, com 14 vitórias e uma derrota.

Quando despontou para o futebol, seu apelido era Pinguim. Mas por conta do irmão compositor, conhecido na Bahia como Leguelé, o radialista França Teixeira passou a chamá-lo da mesma forma. Surgia Alberto Leguelé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do Post?
Deixe um Comentário ou Sugestão
Sua Opinião é Muito Importante!

Postagens mais visitadas