Torneio Internacional Feminino
25/11
6 x 1
Arena da Amazônia, Manaus
Torneio Internacional Feminino
28/11
4 x 1
Arena da Amazônia, Manaus
Torneio Internacional Feminino
01/12
20:00
Arena da Amazônia, Manaus
Ajude o Site!
Faça Uma Doação
(Qualquer Valor)

terça-feira, 3 de março de 1970

Júlio César

Habilidoso e rápido ponta-esquerda do Flamengo nos anos 70 e 80, Júlio César da Silva Gurjol, o Júlio César Urigeller, hoje trabalha como professor de futebol para garotos do CFZ, clube do Zico, no Rio de Janeiro (RJ).

Foi revelado por Dominguinhos, ex-atacante do Flamengo, na Usina de Talentos, na Comunidade da Cruzada de São Sebastião, no Rio, entre Ipanema e Leblon. Naquela favela de cimento armado, também foram revelados outros craques, como Rui Rei, Antunes, Ernani, Adílio e Paulinho Pereira. Todos costumavam jogar bola também na Praia do Pinto.

Nascido no dia 3 de março de 1956, na capital carioca, Júlio César foi um tormento para muitos laterais-direitos, principalmente vascaínos, botafoguenses e tricolores. Seus dribles como camisa 11 do rubro-negro lhe renderam o apelido de Urigeller, um ilusionista de grande suceso na década de 70.

Em 131 jogos (91 vitórias, 27 empates e 13 derrotas) pelo Fla, Júlio César marcou 8 gols. Ele articipou de importantes conquistas do rubro-negro, entre elas o Brasileirão de 1980.

Depois do Flamengo, Júlio César jogou no Grêmio e também no futebol argentino, mas seu melhor momento foi mesmo defendendo o rubro-negro carioca. Além de trabalhar para seu grande amigo Zico, Júlio César também costuma bater uma bolinha nos veteranos do Fla ao lado de Adílio, Gilmar Popoca, Leandro, Adalberto, entre outros. É casado com Izabel Jarque Pena, com quem tem quatro filhas: Juliana, Leandra, Ranny e Roberta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do Post?
Deixe um Comentário ou Sugestão
Sua Opinião é Muito Importante!

Postagens mais visitadas