Torneio Internacional Feminino
25/11
6 x 1
Arena da Amazônia, Manaus
Torneio Internacional Feminino
28/11
4 x 1
Arena da Amazônia, Manaus
Torneio Internacional Feminino
01/12
20:00
Arena da Amazônia, Manaus
Ajude o Site!
Faça Uma Doação
(Qualquer Valor)

terça-feira, 13 de outubro de 1970

João Leite


Nome Completo: João Leite da Silva Neto • Alcunha: João Leite
Posição: Defensor - Goleiro • Altura: 1,87 m
Data de Nascimento: 13 de Outubro de 1955 • Cidade: Belo Horizonte (MG)
Clube: Clube Atlético Mineiro • Estado: Minas Gerais, Belo Horizonte
Situação Atual: Aposentado (desde 1992) • Ocupação: Atua na Política
Copas do Mundo Disputadas: Nenhuma • Jogos: 0 • Gols: 0

Carreira: João Leite da Silva Neto, o João Leite, um dos maiores goleiros da história do Clube Atlético Mineiro, hoje é político em Minas Gerais. Ele é deputado estadual mineiro há varias legislaturas e chegou a concorrer à prefeitura de Belo Horizonte, sem sucesso, duas vezes. Foi reeleito em outubro de 2014. Seu filho, Helton Leite, após tentar carreira no vôlei, migrou para o futebol, e tal qual o pai, como goleiro. Helton, de 1,96m, passou por Grêmio e Bahia, e em janeiro de 2013 chegou ao Criciúma-SC, com 22 anos de idade.

Além do Galo, João Leite, que era conhecido como "Goleiro de Deus", por ser Atleta de Cristo, jogou também no Vitória de Guimarães, de Portugal, no América (MG) e no Guarani (SP).

Ele também chegou a ser convocado algumas vezes por Telê Santana, então comandante da Seleção Brasileira. Tanto que, no Mundialito do Uruguai, de 79 para 80, João Leite foi o goleiro titular de Telê naquela competição em que o Brasil foi vice-campeão ao perder a final para o Uruguai. João Leite continua morando em Belo Horizonte, sua segunda paixão depois do Galo.

Ao lado de Baltazar, o "Artilheiro de Deus", é considerado o mentor maior do grupo dos atletas de Cristo do futebol brasileiro. E foi também o primeiro evangélico a entregar uma bíblia ao goleiro adversário, antes do início dos jogos, e outras duas para os reservas. Parou com a iniciativa quando o massagista do Cruzeiro jogou um dos exemplares na cabeça de um bandeirinha que teria marcado impedimento inexistente durante um clássico Galo e Cruzeiro, em 1978, no Mineirão.

Com a camisa da Seleção Brasileira, João Leite disputou apenas seis jogos oficiais, segundo números do livro "Seleção Brasileira 90 anos", de Antônio Carlos Napoleão e Roberto Assaf. Foram duas vitórias, dois empates e duas derrotas. João Leite sofreu quatro gols nas seis partidas. (www.terceirotempo.com.br)

Brasil
Inscreva-se em Nossa Lista home Inscreva-se em Nossa Lista
Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (João 3.16)
19801221FSB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do Post?
Deixe um Comentário ou Sugestão
Sua Opinião é Muito Importante!

Postagens mais visitadas