Eliminatórias da Copa do Mundo
07/10
19:30
Poliesportivo Cachamay
Eliminatórias da Copa do Mundo
10/10
16:00
Estadio Metropolitano
Eliminatórias da Copa do Mundo
14/10
20:30
Arena da Amazônia
Ajude o Site!
Faça Uma Doação
(Qualquer Valor)

sábado, 24 de outubro de 1970

Brasil no Campeonato Sul-Americano de 1921

Uma das formações do Brasil no Campeonato Sulamericano de 1921;
Em pé: Barata, Laís, Kuntz, Dino Telefone e Alfredinho;
Agachados: Frederico, Zezé, Candiota, Machado e Orlandinho; (Foto: CBF)
Crédito: www.cbf.com.br
5º Sul-Americano Argentina 1921

A 5ª edição do Campeonato Sul-Americano conta pela primeira vez com a participação do Paraguai, que estreou vencendo o então campeão Uruguai, por 2 x 1. Em compensação, o Chile, que havia disputado os quatro torneios anteriores, desistiu da competição alegando problemas internos em sua confederação. O Brasil, ainda sem contar com jogadores negros, tem novamente um desempenho aquém do esperado. (Fonte: ca2011.com)

Sede da Copa América pela segunda vez na história (havia sido em 1916, na primeira edição do torneio), a Argentina conseguiu finalmente conquistar a competição sul-americana. No mesmo estádio de 1916, do Sportivo Barracas, a Argentina venceu seus três jogos, não levou gols e ganhou o título de forma indiscutível. Destaque para o invicto goleiro Américo Tesoriere e para Julio Libonatti, artilheiro da competição e maior craque da Argentina. Libonatti, dois anos mais tarde, se converteu no primeiro jogador da América do Sul a atuar no futebol italiano. Contratado pelo Torino, brilhou ainda pela seleção da Itália.

A Seleção Brasileira:
Um episodio ocorrido durante a segunda viagem da Selecao Brasileira a Argentina, em 1916, foi o ponto de partida para camuflar os sentimentos de discriminacao e preconceito existentes no Brasil. Um dos jornais de Buenos Aires publicou uma charge em que os jogadores brasileiros eram representados por macacos magricelas que saltavam de galho em galho, fazendo piruetas. A comparação virou gozação popular e os brasileiros passaram a ser chamados de “macaquitos”.

Como o Sul-Americano de 1921 seria realizado em Buenos Aires, os gênios que mandavam no País ficaram preocupados com a imagem que o Brasil levaria para o exterior. Por mais incrível que pareca, consta que o proprio presidente da Republica, Epitácio Pessoa, convocou a diretoria da CBD para uma reunião no Palácio do Catete, onde fez a recomendação de que só deveria seguir para a competição o melhor da nossa elite futebolistica – ou seja, os moços das melhores familias, peles mais claras, de cabelos lisos. Assim, craques como o mulato Friedenreich e negros não deveria ser convocados. Apesar de prostetos como o do escritor Lima Barreto, nada mudou e os jogadores partiram para mais uma disputa, e mais uma vez sem os jogadore de Sao Paulo, porque as entidades ainda continuavam em litigio.

Na partida de estréia o Brasil enfrentou os argentinos, e perdeu o jogo por 1 a 0 e também o atacante Nonô, por cotusão, que ficou fora da competição. No segundo jogo, venceu os paraguaios por 3 a 0, sem uma exibição convincente. Veio o Uruguai e foram derrotados por 2 a 1. Mesmo assim, o Brasil ficou em segundo lugar na competição. A grande revelação do torneio foi o goleiro Kuntz, que, por suas fantásticas defesas, ganhou o apelido de “El Coloso” e um tango com o mesmo nome. O compositor foi o maestro Francisco Canaro. (Fonte: wikipedia.org)

Elenco da Seleção Brasileira - Brazil National Team Squad
Nome Completo Alcunha Clube
1 GK Julio Kuntz Filho Kuntz Flamengo/RJ 3 3
2 GK Leandro Carnaval Carnaval São Cristóvão/RJ
3 DF Lair Paulo de Barata Ribeiro Barata América/RJ 3
4 DF Adolpho Caratório Caratório Andarahy/RJ
5 DF José de Almeida Neto Telefone Flamengo/RJ 3
6 MC Arthur Antunes de Moraes e Castro Laís Fluminense/RJ 3
7 MC Alfredo da Silva Alfredinho Botafogo/RJ 3
8 MC Antônio Dino Galvão Bueno Dino Flamengo/RJ 3
9 AT Gonçalo Pena Pena Coritiba/PR
10 AT José Carlos Guimarães Zezé Fluminense/RJ 3 1
11 AT Frederico Pinheiro Frederico Bangu/RJ 2
12 AT Aníbal Médicis Candiota Candiota Flamengo/RJ 3 1
13 AT Claudionor Corrêa Gonçalves Silva Nonô Flamengo/RJ 1
14 AT Paulo Sampaio Vianna Paulo Vianna Fluminense/RJ
15 AT José Bermudes Maxabomba Coritiba/RJ
16 AT Ernesto Duarte Machado da Silva Machado Fluminense/RJ 3 2
17 AT Orlando Moreira Torres Orlandinho Flamengo/RJ 3
Coach: Ferreira Vianna Netto Ferreira Vianna Confederação Brasileira de Desportos
Estreantes: Carnaval, Barata, Caratório, Alfredinho, Dino, Pena, Frederico, Candiota, Maxabomba, Paulo Viana, Machado e Orlandinho;
❏ O atacante do Flamengo, Nonô se machucou no primeiro jogo e ficou de fora do restante do torneio;
❏ Capitão da Seleção Brasileira: Lair Paulo de Barata Ribeiro;
❏ Até 1922 não havia um Técnico propriamente dito. Quem convocava e treinava a seleção brasileira era uma Comissão Técnica, chamada Ground Commitee. Quem fazia o papel de técnico era o representante do time dentro de campo, o Capitão.

Campanha Brasileira

1
2 de Outubro de 1921 - Campo do Sportivo Barracas, Buenos Aires
Argentina 1 x 0 Brasil
Julio Libonatti, 27' Ficha

2
12 de Outubro de 1921 - Campo do Sportivo Barracas, Buenos Aires
Brasil 3 x 0 Paraguai
Machado 21'
Machado, 44'
Candiota, 46'
Ficha

3
23 de Outubro de 1921 - Campo do Sportivo Barracas, Buenos Aires
Brasil 1 x 2 Uruguai
Zezé, 55' Ficha Ángel Romano, 1'
Ángel Romano, 8'

.:: Clasificação Final ::.
Torneio Jogos Vitórias Empates Derrotas Gols Pró Gols Contra Posição
3 1 0 2 4 3
.:: Links Relacionados ::.
1916 1917 1919 1920 1921 1922 1923 1924 1925 1926
1927 1929 1935 1937 1939 1941 1942 1945 1946 1947
1949 1953 1955 1956 1957 1959 1959e 1963 1967 1975
1979 1983 1987 1989 1991 1993 1995 1997 1999 2001
2004 2007 2011 2015 2016 2019 2021

Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do Post?
Deixe um Comentário ou Sugestão
Sua Opinião é Muito Importante!

Postagens mais visitadas